Doze Trabalhos, nova peça do Grupo de Teatro Arte para Todos, é inspirada no mito dos 12 trabalhos de Hércules

O Grupo de Teatro Arte para Todos estreia na próxima semana, dias 22 e 23 de junho, no Teatro Juarez Machado, seu novo espetáculo: “Doze Trabalhos”. A peça é inspirada no mito dos 12 trabalhos de Hércules e trata dos desafios cotidianos enfrentados pelas pessoas com deficiência ou com algum tipo de limitação, dos conflitos da vida em família e em sociedade, do direito às escolhas, da prática da cidadania, das possibilidades de superação e da alegria de viver. O espetáculo é resultado de um projeto de pesquisa e montagem iniciado em 2015 e conta com o apoio cultural do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura – SIMDEC, Secretaria de Cultura e Turismo e Prefeitura de Joinville.

“O roteiro do espetáculo foi construído com participação direta dos atores e suas famílias e também de alunos das oficinas de teatro do Arte para Todos e diversas outras pessoas que nos contaram suas histórias e experiências”, explica Iraci Seefeldt, responsável pela dramaturgia do espetáculo, que tem direção de Robson Benta, assistência de direção de Nathielle Wougles e concepção coreográfica de Maria Fortuna. No elenco da peça estão seis jovens atores – Dainara Elis, Débora Poleza, Éverton Cardoso, Fabiane Tasca, Geovane Rodrigues, Júlia Prim – que iniciaram sua vida teatral nas oficinas do Programa de Formação Cultural Arte para Todos e hoje encaram o desafio de seguir uma rotina de muito trabalho, com aulas de preparação corporal, laboratórios cênicos e muitos ensaios.

Durante o processo de pesquisa e montagem da dramaturgia do espetáculo, muitas barreiras foram vencidas e agora, em cena, os atores e a equipe de profissionais que integra o projeto desafiam o público a desvendar o universo da inclusão e da aceitação das diferenças. “Nosso atores se apropriam do palco e aproveitam pra contar um pouco da história que poucos param para ouvir. O processo de investigação quer que olhos e ouvidos dos atores se abram para que eles mesmos se percebam atores de suas vidas. E o teatro é o jogo que queremos jogar com vocês. Topam?”, propõe o diretor do grupo, Robson Benta.

A peça tem 50 minutos de duração, classificação indicada para 10 anos e intérprete de Libras nas três sessões. Os ingressos para a apresentação de estreia na quinta-feira, 22 de junho, às 20 horas, podem ser retirados gratuitamente na entrada do Teatro Juarez Machado a partir das 19 horas. Na sexta-feira, 23 de junho, as apresentações são destinadas para escolas, instituições e projetos sociais e serão realizadas em dois horários: às 9 horas e às 15 horas. Os ingressos para essas apresentações também são gratuitos e podem ser reservados com antecedência pelo email iraciseefeldt@impar.art.br. Após essas apresentações, será realizada uma conversa com a plateia sobre a temática da inclusão de pessoas com deficiência e o papel da arte no contexto do desenvolvimento humano.

O Grupo de Teatro Arte para Todos foi criado em 2013 e integra o Programa de Formação Cultural Arte para Todos, unidade artística mantida pelo Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento, que tem como objetivo promover a formação cultural, a inclusão e a inserção social de crianças, adolescentes e adultos com deficiência intelectual, transtorno mental e outras limitações (aparentes ou não); que tenham ou não alguma deficiência física, auditiva ou visual associada. No programa são desenvolvidas atividades de artes visuais, dança, música e teatro, articuladas entre si e também com outras áreas artísticas da educação, saúde e assistência social. O Grupo conta com o apoio do Centro Cultural Deutsche Schule (Bom Jesus-Ielusc), ONG Moradia e Cidadania, Instituto FITEJ, Clic Propaganda, Chico Maurente Fotografia, Mídia Quatro Filmes e RW Contadores.

DOZE TRABALHOS – Ficha Técnica
Direção Geral: Robson Benta
Criação: Robson Benta, Nathielle Wougles, Maria Fortuna e Iraci Seefeldt
Dramaturgia: Iraci Seefeldt
Assistente de Direção: Nathielle Wougles
Elenco: Dainara Elis, Débora Poleza, Éverton Cardoso, Fabiane Tasca, Geovane Rodrigues, Júlia Prim
Vozes: Iraci Seefeldt (Mãe 1, Hera e Escolhas), Nathielle Wougles (Mãe 2, Mãe 4 e Escolhas), Maria Fortuna (Mãe 3), Robson Benta (Médico) e Fábio Cabelo (Pai)
Preparação Corporal: Maria Fortuna
Preparação Musical: Fábio Cabelo
Terapeuta Ocupacional: Nathielle Wougles
Concepção Coreográfica: Maria Fortuna
Criação de Figurinos: Angélica Maiole
Concepção Cenográfica: Robson Benta, Iraci Seefeldt e Angélica Maiole
Arte Urbana: Alexandre Feitosa e Eduardo Feitosa
Música Incidental: Cláudio Morais
Tema Objetos Invisíveis: Jackson Araújo
Música: O Processo – B. Negão
Produção Musical: Fábio Cabelo
Projeto e Operação de Luz: Flávio Andrade/Anima Luz
Operação de Som: Nathielle Wougles
Assessoria Administrativo-Financeira: Maria Fortuna
Assessoria de Imprensa: Iraci Seefeldt
Fotografia: Chico Maurente
Imagens: Mídia Quatro Filmes
Designer Gráfico: João Carlos Tavares /Clic Propaganda
Produção Executiva: Iraci Seefeldt

SERVIÇO:
Espetáculo: “Doze Trabalhos”, do Grupo de Teatro Arte para Todos
Datas e horários: 22 de junho, 20 horas; 23 de junho, 9 horas e 15 horas
Local: Teatro Juarez Machado – Avenida José Vieira, 315 (anexo ao Centreventos Cau Hansen)
Ingressos: gratuitos – com retirada na entrada do Teatro Juarez Machado a partir das 19 horas, no dia 22, e das 8h30 e 14h30, no dia 23. *Reservas e informações pelo email: iraciseefeldt@impar.art.br ou pelo whatsapp 47 99119-2442.

Ser diferente é o que todos nós somos, uns diferentes dos outros.

E aí, o que achou? Deixe seu comentário: