Novembro azul: na luta contra o câncer de próstata

Novembro chegou e com ele o alerta para a prevenção do câncer de próstata. Semelhante à campanha do Outubro Rosa, o Novembro Azul tem como foco a população masculina, incentivando assim, a prevenção e alertando sobre a importância do diagnóstico precoce. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma) e o sexto tipo mais comum no mundo. Estima-se que 60 mil novos casos de câncer da próstata sejam diagnosticados no Brasil, em 2013, o que corresponde a um risco estimado de 62 casos novos a cada 100 mil homens.

maxresdefault

Infelizmente os homens ainda têm muita resistência quando o assunto é ir ao médico. “O exame para diagnosticar a doença é uma combinação de um toque retal e o de sangue, mas somente uma biópsia pode confirmar se é um câncer, porém esse procedimento ainda sofre preconceito pela população masculina, o que precisa mudar, pois as chances de cura do câncer de próstata, quando diagnosticado precocemente e tratado de forma adequada, pode chegar a 90%”, alerta a médica.photole_mustache

O câncer de próstata é considerado uma doença silenciosa, pois os sintomas como: dificuldade para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga e a presença de sangue na urina, geralmente, só começam a aparecer quando a doença já está em um estágio avançado. O único fator de risco bem estabelecido para o desenvolvimento do câncer da próstata é a idade. Além desse, outros fatores como raça/etnia, história familiar da doença e alimentação, também influenciam.

Novembro Azul

O Novembro Azul é um movimento recente, porém já é realizado em outras partes do mundo. Simboliza a luta contra o câncer de próstata e estimula empresas, população e entidades a participarem colorindo suas fachadas com luzes na cor de azul.

Consulte seu médico regularmente e mantenha-se em dia com a saúde.

E aí, o que achou? Deixe seu comentário: